Alimentos que melhoram a qualidade do sono

20 Flares Twitter 4 Facebook 13 Google+ 2 Pin It Share 0 LinkedIn 1 20 Flares ×

Como combater a insônia

Uma noite bem dormida não tem preço! Não há nada melhor do que uma noite de sono tranquila após um dia exaustivo de trabalho. Porém, nem todas as pessoas podem usufruir desse prazer. Pessoas que padecem com distúrbios do sono, tais como insônia e demais problemas que impedem um sono duradouro e uma noite tranquila, estão propensas a desenvolver problemas de saúde.

Isto porque, uma noite bem dormida é fundamental para que o organismo descanse e renove suas energias. Do contrário o corpo certamente ficará mais carregado, cansado, a sonolência se tornará um grande empecilho para desempenhar os afazeres diários. A atenção e a concentração também serão prejudicadas, tanto no trabalho quanto na escola. Dentre tantos danos que uma noite mal dormida pode acarretar, os mais perceptíveis são em relação ao humor e a energia. O mal humor e a falta de disposição são características de noites mal dormidas.

A insônia é um distúrbio do sono que pode ser distribuída em três grupos: transitória (dura pouco tempo), intermitente (vai e vem) e crônica (constante). Esse distúrbio é caracterizado pela relutância ou dificuldade que uma pessoa apresenta para dormir ou de se manter dormindo durante a noite toda sem interrupções. Contudo, esse distúrbio não pode ser apontado por um número determinado de horas dormidas, porque cada organismo carece de uma necessidade diferente de sono.

Casos de insônia que ocorrem sem frequência, acontecendo durante uma noite ou até mesmo durante algumas semanas são classificados como uma insônia transiente. Já casos de insônia que acontecem todas as noites e duram mais de um mês, podem ser caracterizados como uma insônia crônica, que se não for tratada poderá ocasionar danos graves à saúde.

Os quadros de insônia podem ser diversos, bem como seus tratamentos. Dependendo do quadro de insônia desenvolvido, será orientado um tratamento especifico para tratá-lo. É de tamanha importância manter cautela e atenção aos sinais e buscar auxílio médico caso perceba irregularidades na qualidade do sono. A insônia pode se desenvolver em todas as faixas etárias e atingir a qualquer tipo de pessoa. Dentre as principais causas relacionadas à origem da insônia estão: nicotina, ansiedade, álcool, cafeína (em excesso), dores, depressão, estresse e mudança de hábitos.

Felizmente, há alguns alimentos que auxiliam na melhora da qualidade do sono. Esses alimentos possuem em suas composições uma substância chamada triptofano, que melhora a síntese de serotonina. Tal substância é amplamente conhecida como o hormônio responsável pela felicidade, bom humor, relaxamento e sensações de prazer. A serotonina é capaz de desempenhar ações sedativas que ajudam a induzir ao sono. Além disso, o triptofano também está envolvido na composição da melatonina, fortemente conhecida como o hormônio do sono.

Conheça alguns alimentos que trazem benefícios para a qualidade do sono:

alimentos para insônia

– Banana: fértil fonte de vitaminas (vitamina C, vitamina A e vitaminas do complexo B), minerais (manganês, ferro, zinco, magnésio e potássio), a banana favorece fortemente o relaxamento muscular. A fruta apresenta bons níveis de triptofano que é convertido em 5-HTP, essa conversão resulta na produção de serotonina e da melatonina. Tais substâncias ajudam a melhorar qualidade do sono, devido aos seus efeitos de relaxamento e indução do sono.

alimentos para insônia

– Couve: contribui com funções fundamentais para o maior relaxamento dos músculos. É rico em magnésio, cálcio, ferro, enxofre, fósforo, potássio e em vitaminas (E, B, K e C).

alimentos para insônia

– Cerejas: estudos indicam que a cereja é uma fonte de melatonina (regula o sono), devido a isto o consumo da fruta pode favorecer a melhora do sono.

alimentos para insônia

– Salmão: abundante fonte de ômega 3, o peixe também oferece ótimos níveis de vitamina B12 que faz parte da conversão de triptofano em serotonina.

alimentos para insônia

– Maracujá: famoso por suas propriedades naturais sedativas que promovem o relaxamento do corpo e estados de calmaria e tranquilidade, o maracujá pode ser uma excelente alternativa para relaxar a musculatura corporal antes de dormir. A fruta exerce efeitos sedativos e antiespasmódicos.

alimentos para insônia

– Aveia: fértil fonte de triptofano, a aveia pode contribuir na melhora da qualidade do sono, pois favorece o aumento do açúcar no sangue, que por sua vez aumenta a liberação de insulina e demais substâncias de indução do sono.

alimentos para insônia

– Linhaça: rica fonte de ômega 3, a linhaça beneficia a regulação dos neurotransmissores. Este efeito favorece não apenas a qualidade do sono, mas também favorece os estados de bom humor, alegria, relaxamento e prazer.

alimentos para insônia

Aliar uma alimentação equilibrada com a prática de atividades físicas é fundamental para melhorar a qualidade do sono e posteriormente a qualidade de vida. Caso a insônia persista, procure de imediato auxílio médico. Preserve e cuide de sua saúde e conquiste noites de sono tranquilas e duradouras.

Créditos: http://www.onlinefarma.com.br/

Autor: Karina Silva Farias

BjoBjo;)

celina alves correia

**Compartilhe com seus top amigos**

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 Flares Twitter 4 Facebook 13 Google+ 2 Pin It Share 0 LinkedIn 1 20 Flares ×