Poopin | Do virtual para o real: qual o lugar ideal para o primeiro date?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Poopin | Ambientes movimentados e descontraídos, além de contribuírem para a segurança dos usuários de apps de relacionamento, ajudam na descontração do casal 

Poopin: Rolou o match, depois uma conversa legal… e aí decidiram passar para o próximo passo! Aí vem aquela dúvida. Hoje, mais do que a roupa a usar no encontro real, a questão que tem permeado as conversas entre os usuários de apps de relacionamento é: onde marcar o primeiro date? Como sair do bate papo virtual, sem que isso gere desconforto e insegurança e que seja o mais natural possível?

A indicação é sempre marcar em lugares públicos, movimentados e descontraídos, que podem, inclusive, ajudar a tornar o date mais informal. Entre um bate-papo e um like, já dá para sacar um pouco do gosto de cada um, né? Então é dar uma pesquisada naqueles programas que mais podem agradar. Opções não faltam de locais que podem dar um empurrãozinho a mais na hora da conquista:

– Bares: o ambiente descontraído, a música e a galera podem tornar o encontro mais informal. Apenas na Grande São Paulo, são mais de 30 mil bares (segundo a Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) nos mais variados estilos e é uma pedida para o “sentar e conversar”, ou mesmo para mostrar uma habilidade. Além das casas mais dançantes, alguns bares oferecem jogos de tabuleiro ou a tradicional mesa de sinuca. Só não vale beber demais e passar vergonha ou brigar por não saber perder!

– Eventos e Festas: se todo aquele clima do primeiro encontro te incomoda um pouco, vale marcar o date em meio à curtição da night ou em um lugar em que possa primeiro ir quebrando aquele gelo inicial sem ter que ficar no tête à tête. Segundo uma pesquisa realizada pelo app de relacionamento Poppin, 76% dos usuários preferem conhecer o crush pessoalmente em uma festa ou balada. E opções não faltam, de acordo com a SPTuris, são cerca de 200 casas noturnas e mais de 40 festas populares só em São Paulo. Os mais antenados podem, inclusive, contar com a ajuda do próprio Poppin, disponível para Android e iOS, que facilita a vida dos seus usuários e conecta pessoas que confirmaram presença nos mesmos eventos pelo Facebook.

– Restaurantes: para não sair do tradicional, vale optar por um bom jantar. O desafio é escolher um entre tantos. São mais de 800 mil restaurantes no país e, só em São Paulo, mais de 50 tipos de cozinhas diferentes e, para os mais moderninhos, 400 foodtrucks espalhados pelo Estado. Cuidado com aqueles que estão muito na moda, pois se você não conseguir uma reserva, quem não curte muito uma fila pode se irritar, mesmo em boa companhia.

– Parques/Praças: Para os moradores de cidades pequenas, a dica é ser discreto, já que poderão encontrar todos os vizinhos, amigos e familiares na região. Já em São Paulo, a chance de encontrar conhecidos que podem atrapalhar a conversa é menor, pois são mais de 100 parques e áreas verdes à disposição dos adeptos a caminhadas e passeios em meio à natureza. Só não esqueçam de pesquisar bem os locais porque segurança é um fator super importante.

– Exposições: Sabia que existem mais de mil museus no Brasil (dados do Ibram – Instituto Brasileiro de Museus)? E quem disse que as exposições culturais não podem ser uma boa pedida para um novo encontro? Procure um que seja a “cara” de vocês e, caso não role uma química, ao menos você irá fazer um novo amigo para te acompanhar nas próximas exposições.

poopin

(Imagem de: divulgação)

**Compartilhe com seus top amigos**

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×