Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Palavra de especialista: o que é a disbiose intestinal?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Disbiose Intestinal | O nutricionista esportivo e funcional Renato França explica o que é, como tratar e o que não se deve comer para evitar o problema

Você já ouviu falar da disbiose intestinal? Vários problemas do nosso dia a dia podem ser sintomas, causas ou mesmo piora da disbiose, que nada mais é que o desequilíbrio da flora intestinal, como detalha o nutricionista esportivo e funcional Renato França.

disbiose intestinal

O especialista aponta alguns desses indícios: a flatulência excessiva e inchaço abdominal; enxaqueca; imunidade baixa e infecções frequentes; constipação (intestino preso); diarreia; celulite; TPM; cansaço e baixa disposição; alergias respiratórias e de pele; aumento das crises de doenças autoimunes, como a dermatite; aumento da oleosidade da pele e acne; queda de cabelo; unhas fracas e quebradiças e ainda dificuldade para emagrecer e/ou ganhar massa muscular.

De acordo com França, o desequilíbrio acontece porque a disbiose afeta o funcionamento intestinal, reduzindo o aproveitamento do que é ingerido via alimentação e aumentando a permeabilidade intestinal, pela redução da capacidade da mucosa intestinal em selecionar o que deve e o que não deve ser absorvido para a corrente sanguínea. Ele acrescenta que “o resultado disso é uma hiperativação do sistema imunológico e aumento da inflamação sistêmica, que piora vários dos sintomas citados”, complementa.

Segundo o especialista, o consumo excessivo de doces, açúcar, fritura, adoçante e aditivos químicos presentes nos produtos industrializados; uso frequente de antibióticos e consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode piorar ainda mais essa situação.

disbiose intestinal

Mas como tratar o problema?
Para o nutricionista, a solução é uma dieta rica em frutas e vegetais fontes de fibras solúveis, alimentos fermentados (como iogurte e kefir), e ainda suplementos probióticos e prebióticos.

 

Atenção!
Se você tem algum dos sintomas citados, procure dar uma atenção maior ao seu intestino. Dr Renato comenta que este é o ponto de partida para quem busca melhorar a saúde, qualidade de vida e alcançar mudanças estéticas corporais.

disbiose intestinal

“Um bom nutricionista pode te ajudar a reequilibrar sua função intestinal, melhorando sua resposta à dieta e de quebra reduzindo uma vasta gama de sintomas que afetam negativamente o seu dia a dia”, finaliza Dr Renato.

*É isso aí galera, vamos prestar mais atenção aos sinais do nosso corpo e procurar ajuda necessária, a questão aqui nem é estética, mas a saúde em si, a melhora da estética é consequência dos bons atos e conduta na dieta equilibrada.

BjoBjo 😉

 

disbiose intestinal

(Imagens de: google images)

**Compartilhe com seus top amigos**

Comments

comments

Comments

  1. By Marcela

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×