PECADOS VISUAIS

ETIQUETA EMPRESARIAL:

Algumas coisas que se deve evitar na hora do homem construir a sua imagem…

Camisas e gravatas estão entre as partes do vestuário que mais admitem a criatividade masculina. É só manter-se atento a alguns limites do bom senso. Gravatas em tons berrantes, só são adequadas se camisa e ternos forem em tons equilibrados, como branco e azul claro no caso das camisas, e escuros para os paletós.

Calça adequada é a que cai suavemente sobre o tornozelo. Barra italiana, só é aceita em ternos mais clássicos. A manga da camisa deve terminar na altura do punho, cobrindo o relógio.
A manga do paletó, use-a cobrindo 1 cm do punho da camisa. Pulôver ou malha de gola rolê não se usa com terno clássico e gravata. O correto em dias de muito frio é conjugá-los com paletós esportivos e blusões. Em suéter de gola redonda, os bicos do colarinho da camisa deve ficar dentro da gola.

Visto de trás, o comprimento do paletó tem de cobrir cerca de 2/3 da distância entre a cintura e o joelho. Colete, quando usado, deve sempre cobrir a fivela do cinto.

O biotipo da pessoa é crucial na escolha da roupa certa. Paletós desestruturados vão bem em esguios e altos. Ficam menos bons em homens magros de meia altura. São contra indicados para homens baixos ou com barriga acentuada. Colarinhos também podem estragar o visual se não forem adequados ao seu tipo físico. Não devem ser curtos para homens de pescoço longo, ou pontiagudos para quem tem biotipo atarracado. Camisas e calças muito agarradas ou folgadas demais nunca servem para melhorar a sua imagem.

Roupa também envelhece, cuidado com estampas, algumas já estão ultrapassadas. Use o bom senso sempre, o mesmo vale para gravatas com motivos florais ou de crochê, ou para sapatos de tressê, que já foram moda e não vieram para ficar.

Gravata foi feita para ser usada na altura do furo do cinto, com proporção igual entre as duas pontas. Sob nenhuma hipótese use-a dentro da calça. Cuidado também com a proporção das gravatas, que não devem ser largas ou estreitas demais. Há tempos que a largura exata está em torno dos 12 cm. O ponto correto do prendedor é à 20 cm da ponta da gravata.

Os pés são o primeiro lugar em que nove entre dez mulheres fixam o seu olhar quando encontram um homem. Sapato marrom vai bem com roupa mais clara, como bege, areia, tijolo. Roupas mais escuras como o preto, azul marinho, cinza médio, os sapatos pretos são sempre mais adequados. Uma exceção são jeans, que vão muito bem com calçados marrons.

As meias são como juízes de futebol: quanto menos notadas, melhores são. Evite cores contrastantes: meias claras com roupa escura são péssima idéia, sobretudo se forem brancas. Meia branca só se usa com tênis e com calçado esportivo, se usar meia for uma opção.
Quando o assunto é cinto, prefira também a ortodoxia e use apenas marrom ou preto, combinando com o sapato. Cinto azul, de camurça ou lona, só valem para excêntricos ou combinados com calça jeans.
Evite cinto marrom com roupa escura ou com azul. Preto não deve ser usado com cores claras.

Lenço no paletó caiu um pouco em desuso, mas pode ser usado pelos mais clássicos. A regra é que nunca ele seja em padrão idêntico ao da gravata, mas que tenha cor ou elemento semelhante.

Botões frequentemente confundem os homens. Em ocasiões menos formais, como o dia-a-dia no escritório, tolera-se que eles fiquem desabotoados. Num coquetel ou numa reunião de negócios, melhor usar paletó abotoado.
Se ele tiver dois botões, feche o de cima. Se ele tiver três, abotoe os dois de cima e deixe o inferior aberto. Nunca abotoe todos, é deselegante. No colete a regra é semelhante e é de bom tom deixar o último botão aberto também.

Terno = Paletó, colete e calça
Costume = paletó e calça

(By Célia Leão – Imagem de: briguet.tipos.com.br)

**Compartilhe com seus top amigos**

Comments

comments

Comments

  1. By Luilton

    Responder

  2. By Naty :)

    Responder

  3. Responder

  4. Responder

  5. By Andréa Cristo

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.