Sobre o amor e as suas dores

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

O Amor

Os poetas já tentaram explicar

Os livros já tentaram decifrar

As pessoas já tentaram entender

Outras tantas pesquisaram compreender

Muitos já disseram sentir

Outros já passaram uma vida sem experimentar o doce e amargo sabor do amor

Será o amor, agridoce?

Dizem que as mães são as que mais chegaram perto desse sentimento

Os religiosos acham que sentem por Deus esse amor divino, irretocável e puro

Há ainda os que choram por amor

Os que matam por amor

E ainda os que morrem por esse mesmo amor

Ah! o amor…

Uns dizem que está no coração

Outros dizem que está na cabeça

E tantos outros acham que está na alma

Mas, por onde anda o amor?

Talvez os animais, os irracionais, são os que mais se aproximaram desse sentimento depois das mães

Terá o amor várias vertentes?

Terá o amor vida própria ou será apego?

Amor é paixão? ou amor independe de paixão?

Dizem que o amor cura

Mas dizem também que o amor mata

Mata de tristeza

De saudade

De ciúme

De morte morrida ou de morte matada

Mas um dia morre

Morre da mesma maneira que um dia nasceu

Assim, de repente, do nada

De um sorriso, de um olhar, de um cheiro

Ou até de um devaneio

Sexo é uma forma de amor? Ou o amor é uma forma de sexo?

Sexo sobrevive sem amor?

E amor? sobrevive sem sexo?

Ah! o amor…

Se algum dia você encontrá-lo por aí, perdido numa esquina qualquer

Mande pra ele meu endereço

Quero trancafiá-lo no meu espelho

Para todos os dias eu me olhar nele e ver que ele está onde sempre esteve

Dentro de mim.

Em mim

E pra mim.

Ah! o amor …

(Texto de: Celina Alves – Todos os direitos reservados)

P.s.: Senti saudade de voltar a escrever meus pensamentos soltos, poemas, poesias e devaneios. Então estou trazendo essa tag do meu abandonado blog O Paraíso do Amor, e de vez enquanto vou devanear por aqui. Espero que você goste.

BjoBjo 😉

Amor

(Imagem de: Google Images)

 

**Compartilhe com seus top amigos**

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×